rebento enganoso é a vida

0
18:28
toda poesia
sangra sangue quente
dança mansa e demente
tercinas de redenção
que doce cria!
rebento enganoso é a vida
rebento enganoso é a vida
é a vida
e ainda assim enganosa é a vida
iridescente, dorida e parida
no aconchego onírico
na bruta ilusão.

Sobre o autor

Kauê Vargas Sitó, tenho 22 anos e sou natural de Alegrete-RS. Sou escritor, compositor, blogueiro, músico, pseuudoprogramador e entusiasta da web. Atualmente moro em Porto Alegre e estudo na UFRGS.

0 comentários: